Crianças do Maternal II ao 1º ano participaram de brincadeiras sobre educação no trânsito

Ajudar a formar cidadãos conscientes e compassivos, que respeitem as leis e saibam ser solidários com os demais, é uma das missões do Colégio São Luís. Esses valores fundamentais para a convivência em sociedade se aplicam também – e cada vez mais – à educação dos motoristas para um trânsito mais seguro. Por isso, durante a Semana Nacional do Trânsito, comemorada entre os dias 18 e 25 de setembro, o CSL promoveu uma série de atividades de conscientização para seus alunos da Educação Infantil (Maternal II ao 1º ano).

A Vila Piratininga foi palco de diversas ações de educação para o trânsito. A área foi reformada e ganhou pistas, semáforos, cones e faixas de pedestres para que as crianças, ao se deslocar com carrinhos e motocas, incorporassem às suas brincadeiras as regras de trânsito vigentes no mundo real.

“As crianças passam bastante tempo dentro do carro, seja para ir à escola, ao médico ou ao supermercado. Elas veem as placas, os semáforos e algumas não entendem para que servem. As brincadeiras, pensadas de acordo com a faixa etária dos alunos, têm o objetivo de explicar a elas como o trânsito funciona”, afirma Raphael do Carmo, auxiliar da Educação Infantil.

Entre as atividades esteve a tradicional brincadeira da estátua, adaptada para a Semana Nacional do Trânsito. As crianças pilotavam seus carrinhos e, conforme a cor mostrada pelo semáforo, paravam ou seguiam em frente. Em outra brincadeira, elas simularam o trânsito das ruas seguindo placas, cones e semáforos dispostos ao longo do caminho.

No fim da semana, as turmas do Maternal receberam coletes de agente de trânsito e as do Pré e 1º ano ganharam uma Carteira de Habilitação como lembrança pela participação.

“Queremos que as crianças não apenas conheçam a função da faixa de pedestres e do semáforo, mas que levem para suas famílias a ideia de um trânsito mais consciente”, completa Raphael.

Acompanhe todas as atividades da Semana Nacional do Trânsito no vídeo abaixo.