Trabalho buscou mostrar que a tecnologia não está restrita aos meios digitais

Um dos grandes desafios da Educação do século XXI é a integração das tecnologias digitais às práticas pedagógicas. O simples uso de recursos tecnológicos não garante uma mudança significativa no processo de aprendizagem, mas constitui um dos recursos importantes para o desenvolvimento de diferentes habilidades da criança.

Por isso, em março, alunos do Pré I ao 5º ano do EF I iniciaram atividades que servirão de suporte para os Projetos a serem desenvolvidos até o fim do ano letivo. Os trabalhos estão divididos em três etapas: a evolução das tecnologias e seus impactos sociais; o uso consciente e ético das tecnologias; e a aprendizagem de recursos digitais adequados aos projetos escolhidos.

Na primeira etapa, Simone Carvalho e Vanessa Bolanho, Orientadoras de Estudos de Técnica Educacional, fizeram um levantamento sobre o que os alunos entendiam por tecnologia. A resposta foi a mesma em todas as salas: celular, computador e tablet foram apontados como os dispositivos que, segundo as crianças, melhor representam a ideia de tecnologia.

Para desmistificar a ideia de que a tecnologia está ligada apenas às plataformas digitais, Simone e Vanessa levaram para as salas de aula um baú com itens como uma tesoura, um martelo e um par de óculos. “Quisemos mostrar que a tecnologia vai além do digital, pode estar em objetos que eles têm em cima da carteira. Também exibimos uma apresentação sobre técnicas e ferramentas antigas que foram se aperfeiçoando e deram origem às tecnologias que conhecemos hoje”, comenta Simone.

A partir dessa e de outras estratégias, as turmas do 3º ao 5º ano ficaram responsáveis por investigar outras informações sobre tecnologia. “Nessa fase, aproveitamos para mostrar a importância da ética na pesquisa, reforçando que é necessário citar fontes de consulta e usar apenas materiais autorizados, mesmo que estejam na internet”, relata Vanessa.

Para auxiliar os estudantes nessa tarefa, as orientadoras apresentaram o recurso da pesquisa avançada do Google, um sistema com uma série de filtros de busca, inclusive para imagens, que oferece resultados mais confiáveis.
O resultado do trabalho foi reunido e exposto no 1º andar do prédio da Haddock Lobo.

Todo o processo de reflexão dos estudantes sobre o que caracteriza uma tecnologia e a conscientização acerca da importância de uma pesquisa correta e confiável na Internet servem de apoio para o trabalho que será realizado ao longo do segundo semestre.

As próximas etapas, Segurança na Internet e Letramento digital (os recursos serão utilizados de acordo com os projetos das turmas), serão desenvolvidas a partir de setembro.

Alguns dos trabalhos serão apresentados na Reunião de Pais e, posteriormente, postados no portfólio da turma.