Grade Curricular 2020

A Grade Curricular, que vigorará a partir de 2020, foi elaborada a partir dos seguintes referenciais:

Conheça a grade por segmento escolar

Glossário


Eletivas*: Componentes curriculares desenvolvidos em blocos semestrais cujos objetivos são o enriquecimento cultural e o aprofundamento sobre temas que não estão contemplados nos demais componentes da Grade Curricular. Para 2020, as disciplinas eletivas serão as seguintes:

  • Educação financeira e a história do dinheiro
  • Empreendedorismo e a nova dinâmica do mundo do trabalho
  • Atualidades
  • Fotografia e cinema
  • Globalização, relações internacionais e conflitos mundiais
  • História da arte, comunicação e design
  • Direitos humanos e cidadania
  • Microbiologia e biotecnologia
  • Desafios da matemática

 *As disciplinas eletivas serão desenvolvidas em turmas mistas, mesclando estudantes das três séries do EM, em regime semestral. A definição final dos cursos que serão oferecidos em 2020 dependerá da aprovação dos órgãos competentes da Secretaria Estadual de Educação.


Laboratório de Resolução de problemas no 9.º ano: Propiciará ao aluno conhecimento, análise e busca de soluções para problemas complexos (de diferentes naturezas e níveis). As metodologias propostas para essas aprendizagens serão selecionadas para desenvolver, principalmente, as seguintes competências: lógico-analítica, colaborativa e intrapessoal.


Laboratório de Resolução de problemas na 1.ª série EM: Propiciará ao aluno a oportunidade de investigar, refletir e resolver situações-problema que agreguem conhecimento geral e específico nas diversas áreas do conhecimento. O componente terá por objetivo desenvolver, principalmente, as seguintes competências: lógico-analítica, político-social, colaborativa e cultura digital.


Mentoria no Ensino Médio: Haverá um horário na grade reservado à mentoria. Cada turma terá um professor mentor, que trabalhará conjuntamente com a equipe de Orientação Educacional e Direção de Segmento, com o objetivo de assegurar o desenvolvimento de competências socioemocionais. Nesse espaço, serão trabalhados a orientação profissional, a organização dos estudos e os temas transversais, além do fortalecimento de vínculos, da autonomia e do espírito colaborativo.


Metodologia de Iniciação Científica: Componente da 1.ª Série do Ensino Médio que apresentará aos estudantes os métodos e as técnicas próprios de um trabalho científico. Esses conhecimentos serão utilizados no desenvolvimento do Trabalho de Conclusão de Curso, que é parte da grade da 2.ª Série do EM.


Oficinas de Aprendizagem na Educação Infantil e 1.º Ano do EF: Espaço de aprendizagem que visa a ampliar o horizonte cultural das crianças, integrando conteúdos, habilidades e competências trabalhados nos demais componentes curriculares em propostas de aprendizagem de caráter investigativo e multidisciplinar.


Organização e Aprofundamento dos estudos no Ensino Fundamental I: Para os alunos de 1.º ao 5.º ano do Ensino Fundamental, esses horários têm por objetivo oferecer procedimentos para a organização dos estudos pessoais, tais como organização do espaço e do material de estudo, estratégias de estudo de acordo com as especificidades de cada componente curricular e suporte aos estudantes que, eventualmente, apresentarem dificuldades de aprendizagem.


Organização e Aprofundamento dos estudos no Ensino Fundamental II: Horários dedicados à organização e ao aprofundamento dos conhecimentos propostos durante as aulas de maneira responsável e autônoma. Nesses horários, os estudantes trabalharão na presença de um educador que os orientará de maneira pessoal.


STEAM (Science, Technology, Engineering, Arts and Mathematics): Incluído como componente curricular do 2.º ao 5.º ano do Ensino Fundamental. O foco dessas aulas será o letramento científico e tecnológico. O trabalho será realizado a partir da abordagem da aprendizagem criativa, conectando diferentes áreas do conhecimento. As crianças serão desafiadas a resolver problemas ou a desenvolver projetos que favorecerão o desenvolvimento de diferentes competências: colaborativa, lógico-analítica, comunicativa e de cultura digital.