Curso é estruturado em oficinas de aprendizagem por projetos

Em 2015, o programa do Integral foi reformulado, dentro da concepção de educação integral presente nos documentos da Companhia de Jesus. O empenho deu-se no sentido de desenvolver ao máximo as potencialidades e dimensões dos alunos nos aspectos cognitivo, social, emocional e espiritual.

Mais que oferecer educação em tempo integral, o Colégio São Luís propicia a formação integral dos alunos por meio de oficinas que ampliam e enriquecem as experiências de aprendizagem. Essas oficinas, que variam de acordo com a faixa etária, possibilitam a interconexão entre as diferentes áreas do conhecimento e o desenvolvimento das aprendizagens por meio de projetos.

Da escolha do tema à produção final, o aluno dá sua contribuição para o grupo, passando por situações nas quais ele aprende e ensina ao mesmo tempo nas diferentes oficinas: Acompanhamento Pedagógico, Cultura e Arte, Cultura Digital, Sustentabilidade, Investigação Científica, Esporte e Lazer e Jogos e Brincadeiras.

Ampliando o olhar

No 1º trimestre, os alunos puderam ampliar suas vivências, discutindo o conceito de Cultura e Arte a partir do que conheciam, do olhar de outras pessoas (entrevistas com funcionários da escola), da ida a espaços escolares para observação de possíveis expressões artísticas – as crianças do Infantil, por exemplo, visitaram a reitoria com uma câmera na mão para registrar o que viram de diferente ali.

Esse percurso foi enriquecido com elaboração de perguntas sobre hábitos (alimentação, vestimentas) e costumes de diferentes culturas, contato com as diferentes manifestações de linguagem (teatro, artes plásticas, música), investigação sobre a origem da tinta e como se faz uma explosão de cores etc. A pesquisa sobre a origem das famílias, que já teve início em alguns grupos, redundou em propostas como uma releitura do teatro Nô do Japão, a produção de uma castanhola de sucata e a produção de uma receita de macarrão. Também conheceram brincadeiras de rua brasileira e internacionais e já têm uma nova preferida: What time is it, Mr. Wolf?.

As salas das oficinas e outros ambientes do integral revelam o quanto os alunos aprenderam nesse percurso: exposição de fotos, “obras de arte”, instruções sobre brincadeiras de outras culturas e inventadas por eles, teatro de sombras até passos das diferentes investigações realizadas.

Essa ampliação de experiências e a aprendizagem por projetos também são focos de trabalho de 4º ao 9º ano, variando somente na oferta e na adequação de linguagens às diferentes faixas etárias: Cinema, Hip Hop, Sustentabilidade (a partir do 6º ano).

O currículo, com foco na formação integral do aluno, é complementado por outras atividades que visam a esse desenvolvimento como natação, iniciação esportiva, futebol, judô e aerodance.