Colégio São Luís promove troca de uniformes e livros

Durante todo o ano letivo, o Colégio São Luís recebe uniformes e livros doados pelas famílias do CSL. Os itens podem ser depositados em caixas coletoras localizadas na Galeria (piso de entrada e saída dos alunos) e são organizados e disponibilizados na APM – Associação de Pais e Mestres para reaproveitamento pela própria comunidade escolar.

Os livros e os uniformes doados ou aqueles que ficam por mais de 90 dias na seção de Achados e Perdidos são triados de acordo com o estado de conservação e disponibilizados gratuitamente aos pais e colaboradores pela APM. Os uniformes restantes são recolhidos por uma empresa de logística reversa, chamada Retalhar. Após realizar a manufatura reversa (trituração e desfibramento), a empresa destina o tecido para reinserção na cadeia produtiva. Em 2018, foram destinados à reciclagem 200 quilos de roupas. Quanto aos livros, neste ano, até o momento 300 itens foram doados.

Além das doações que podem ser feitas a qualquer momento, no início do ano letivo o Colégio São Luís realiza, em parceria com a APM, a Feira de Serviços, onde também é possível trocar uniformes e livros. O evento é organizado para auxiliar as famílias na preparação para o ano, com materiais escolares, uniformes e contratações de serviços, como transporte escolar, aluguel de armários, entre outros. A próxima edição será de 18 a 24 de janeiro de 2019.

“Não somente a prática de doar, mas utilizar o material sem desperdício, com consciência e cuidado ao longo do ano, também é importante e faz toda a diferença para que esteja em bom estado e o reaproveitamento seja possível”, afirma Luciana Coelho, Diretora de Desenvolvimento Institucional do Colégio São Luís. Encapar cadernos e livros, tampar corretamente canetas e colas, guardar materiais frágeis em pastas e estojos específicos são algumas das dicas para conservar os materiais.

Nesta fase de finalização do ano e início do próximo, além de verificar aqueles itens que não serão mais utilizados e que podem ser reaproveitados por outras famílias, vale observar todo o material escolar que sobrou antes de adquirir novos itens, como cadernos, lápis, mochilas, estojos, lancheiras etc.