Projeto do Bem reúne profissionais da saúde que atendem alunos em diversas especialidades

Profissionais da saúde que atendem voluntariamente alunos do Ensino Médio noturno foram homenageados na última semana pela direção de segmento e pelo padre Contieri. O reitor do Colégio São Luís agradeceu ao grupo pelo trabalho desenvolvido e entregou canecas como recordação da ocasião.

O Projeto do Bem foi criado a partir da iniciativa da Dra. Yara Azevedo Prandi, médica e familiar de um antigo aluno. A psiquiatra mobilizou colegas e famílias do diurno para montar uma rede de profissionais da saúde para acompanhar gratuitamente os alunos do Ensino Médio noturno. Posteriormente, a equipe de voluntários também recebeu a ajuda de psicopedagogos da PUC-SP, supervisionados pela pedagoga e professora Maria Anita Viviani Martins.

Atualmente, o Projeto do Bem conta com 38 profissionais, entre terapeutas, psicólogos, dentistas e médicos de diversas especialidades.

Antiga aluna em ação

Em agosto deste ano, a antiga aluna do CSL Pâmela Marques Forte, psicóloga formada pela Universidade Mackenzie, juntou-se ao Projeto do Bem.

Ela conta que em um encontro com o professor Paulo Bacelar, Assistente Técnico Pedagógico do noturno, soube do Projeto e se dispôs ajudar. Pâmela também convidou alguns colegas, que por sua vez chamaram outros profissionais para participar do grupo.

Os atendimentos são feitos no Colégio e também nos consultórios. “Ouvimos os jovens e, quando necessário, os encaminhamos para acompanhamento específico”, explica Pâmela.

Com o Projeto do Bem o CSL pretende auxiliar os adolescentes a lidar com os desafios próprios da faixa etária, como os dilemas na escolha da profissão, a preparação para o vestibular e os conflitos familiares, melhorando seu bem-estar e qualidade de vida.