"Nossas crianças e jovens são mensageiros de um novo tempo, que será novo ainda que à nossa revelia".
Sônia Magalhães - Diretora-geral e Acadêmica do Colégio São luís

O que é o Projeto CSL 2020?

Em 2016, a Rede Jesuíta de Educação (RJE) lançou diretrizes para o apostolado da educação jesuíta no Brasil reunidas em um documento denominado Projeto Educativo Comum (PEC). A primeira demanda do PEC foi que as escolas jesuítas do Brasil fizessem uma revisão de sua Proposta Pedagógica e definissem as condições necessárias à sua implementação (PEC, n. 29). Em resposta aos desafios desta implementação, o Colégio São Luís tem desenvolvido o Projeto CSL 2020.

O que já foi feito?

Como rota de implementação do PEC, o Projeto CSL 2020 reúne um conjunto de inovações gradativas aplicadas às diferentes áreas da escola. Todas estas inovações são sustentadas por Grupos de Trabalho compostos por profissionais docentes e não docentes de todos os segmentos pedagógicos e setores administrativos. São seis as etapas planejadas para um período de cinco anos: 2016-2020. Estas etapas compreendem 10 iniciativas relacionadas à Proposta Pedagógica, ao Modelo de Gestão, à Infraestrutura e à Comunicação.

1ª Etapa
2015-2017: Ajustes de organização e estrutura

A partir do segundo semestre de 2015, preparamos o terreno com os primeiros ajustes de organização e estrutura na área acadêmica e nas demais áreas. Revisamos a Proposta Pedagógica e o Regimento Escolar para que ambos revelassem, de forma mais precisa, as finalidades e objetivos da educação em um colégio jesuíta.

2ª Etapa
2016: Revisão vertical e horizontal dos planos curriculares - conteúdos

2016 foi dedicado à revisão vertical e horizontal dos planos curriculares: conteúdos ensinados nas diferentes disciplinas/ áreas desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. O trabalho foi rigoroso, realizado com a participação de todos os professores e apoio de especialistas internos e externos.

3ª Etapa
2017: Implantação dos planos curriculares e capacitação dos professores

Iniciamos 2017 com os novos planos curriculares e com a capacitação dos professores. Novas parcerias de soluções em tecnologia educacional (Geekie, LETRUS, Nave à Vela) ofereceram ferramentas inovadoras de aprendizagem aos estudantes, aos professores e aos gestores da área acadêmica. Um dos resultados desse processo foi a adoção da metodologia de ensino por projetos em uma parte do currículo, tornando os alunos mais ativos no processo de aprendizagem.

4ª Etapa
2017 - 2019: Elaboração da matriz de competências e habilidades

Ainda no segundo semestre de 2017, iniciamos a segunda etapa da revisão curricular: a definição de competências associadas à formação das crianças e dos jovens de maneira transversal e a identificação das habilidades específicas de cada área de conhecimento/disciplina. Essa etapa tem conclusão prevista para o início do segundo semestre de 2018.

5ª Etapa
2018: Organização dos tempos de ensino e aprendizagem - grade curricular

Esta etapa consiste em avançar na organização dos tempos de ensino e aprendizagem (grade curricular) para preparar a implementação do currículo integral e em tempo integral a partir de 2020. Paralelamente, na formação dos professores optamos por um o aumento de duas para três horas semanais em 2018. A terceira hora está direcionada ao que chamamos “observação cruzada": professores observando e sendo observados por seus pares e pelos Diretores Acadêmicos de Segmento. Em 2019, passaremos a quatro horas e em 2020 a cinco horas remuneradas dedicadas à formação.

6ª Etapa
2020: Implatação do currículo integral, em tempo integral

A sexta etapa se inicia em 2020 com a implementação do currículo integral e em tempo integral. Para favorecer a implantação do currículo integral a nova sede possui um projeto arquitetônico com os ambientes de aprendizagem climatizados e com cuidado acústico, equipados com recursos de tecnologia da informação de ponta que permitirão a realização eficaz da proposta pedagógica da escola.

O que vem por aí

Além da finalização das etapas do projeto que já foram iniciadas, algumas inovações serão implementadas apenas a partir de 2020. Estas inovações exigiam a preparação da estrutura da escola para serem efetivadas. Por esta razão, são ações diretamente relacionadas à nova sede.

Conheça o projeto da nova sede Conheça o projeto pedagógico

"Oferecer educação de qualidade é parte integrante da missão dos colégios da Companhia de Jesus. A primeira etapa desta mudança teve início em 2016 com o Projeto Educativo Comum - PEC, lançado pela Rede Jesuíta de Educação, que reúne as escolas da Companhia de Jesus para rever, reposicionar, revitalizar e atualizar os currículos de todos os nossos colégios."
Padre Carlos Contieri, SJ - Reitor do Colégio São Luís

Novos modos de aprender

Um dos principais objetivos do PEC é superar os modelos lineares de ensino, organizando espaços e tempos escolares com novas e criativas perspectivas de aprendizagem. Nas novas instalações, a matriz curricular privilegiará metodologias ativas, nas quais os conteúdos são contextualizados e os alunos conseguem perceber, na prática, como aqueles conceitos são aplicados.

Conheça a proposta pedagógica

Um presente para a cidade

A diretora Sônia Magalhães define a nova sede como um “presente para os alunos, suas famílias e para a cidade de São Paulo”. "Será um lugar para aprender em contato com a natureza, ao ar livre. Nossas crianças e jovens merecem. Para nós, é uma alegria que o colégio possa proporcionar esse espaço verde de aprendizagem e convivência." Projetado para ser um ambiente bonito, funcional e muito agradável, o prédio da escola possui três pavimentos interligados por rampas e escadas e vazios que permitem a visualização e integração de várias áreas. No ensino infantil as salas adotam o formato pentagonal e cada parede possui uma função específica.

Conheça o projeto da nova sede

Estrutura de gestão

O CSL tem estrutura de gestão ligada diretamente ao governo dos jesuítas no Brasil (Superior Provincial), à sua entidade mantenedora (Associação Nóbrega de Educação e Assistência Social – ANEAS) e articulada pela Rede Jesuíta de Educação (RJE).

O CSL tem uma diretoria composta pelos seguintes departamentos: Reitoria, Diretoria-Geral, Diretoria Acadêmica, Diretoria de Humanística, Diretoria de Desenvolvimento Institucional e Diretoria Administrativa.

O funcionamento de cada área está garantido por uma estrutura própria, processos e procedimentos e profissionais capacitados. A integração entre as áreas está assegurada pelos conselhos de cada área e pelo Conselho Diretor, que reúne o reitor, a diretora-geral e os titulares das quatro diretorias.

Em 2018, terminamos o processo de redesenho da estrutura, pensado cuidadosamente para garantir o acompanhamento dos processos e das pessoas, especialmente na área acadêmica, onde temos feito os maiores investimentos em inovação e melhoria da aprendizagem. Contamos com três profissionais dirigindo diretamente o trabalho pedagógico nos segmentos (Infantil e EFI; EFII e Ensino Médio), encarregados do acompanhamento e do suporte aos professores. Temos ainda a presença de orientadores educacionais, que acompanham diretamente os estudantes e fazem o atendimento das famílias. Paralela à composição acadêmica dos segmentos, está a estrutura da área de Humanística. Os coordenadores das quatro dimensões (Espiritual-Religiosa, Socioemocional, Socioambiental e Cultural), apoiados pelos educadores de sua equipe, encarregam-se, em parceria com os profissionais da área pedagógica, dos projetos transversais em todos os segmentos.

Conheça a equipe do Colégio São Luís

Envie-nos uma mensagem
X
Preencha o formulário abaixo para receber mais informações