colegio_sao_luis_retomada_atividades_presenciais_uniao

Famílias do CSL,

A retomada das atividades presenciais acontecerá conforme as determinações da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. Com apoio de especialistas, estabelecemos protocolos, empenhamos recursos de estrutura e infraestrutura e tomamos a maior quantidade de medidas preventivas possível para que nossa comunidade escolar possa retornar com segurança. Conheça aqui as orientações às famílias sobre como a retomada gradual acontecerá e as responsabilidades de cada um de nós.

Assista ao vídeo com orientações às famílias e aos estudantes sobre os cuidados na nova rotina escolar

Esta página será atualizada constantemente à medida que tivermos novas definições.
Contamos com você e estamos juntos nesse desafio!

O que é importante para nós nesse retorno?

Cuidado com a vida

Nossa prioridade é saúde e a segurança de nossa comunidade educativa. A vida de cada um está em primeiro lugar. Não sabemos quando as aulas presenciais retornam, mas cuidar das pessoas é um valor para nós, por isso empenhamos recursos e tomamos todas as medidas necessárias para garantir um ambiente seguro para todos no Colégio São Luís.

Que possamos, juntos, continuar oferecendo educação de qualidade aos nossos estudantes, sem descuidar das medidas de preservação da vida. Cuidar de si mesmo e do outro são atitudes que cultivamos e precisaremos ainda mais nesse momento. Temos certeza de que podemos compartilhar dessa responsabilidade com todos vocês.

csl_retomada_atividades_presenciais_selo_eu_cuido

O que são “protocolos humanos”?

O termo é uma contradição em si, pois protocolos – que são um roteiro de medidas obrigatórias – não são necessariamente humanos, mas mecânicos. Por isso, convidamos nossos professores, coordenadores, orientadores e colaboradores, especialistas em relações humanas, para definirem quais são os nossos “protocolos humanos” seja para as aulas on-line, híbridas ou off-line

Continuamos o Colégio São Luís, com sua identidade inaciana. Uma escola acolhedora, afetiva e carinhosa, mesmo com todos os protocolos de higiene e distanciamento que somos obrigados a adotar. Queremos descobrir uma maneira de perceber os sorrisos através das máscaras. De nos abraçarmos sem nos tocar! De darmos apoio aos alunos sem pegar nas suas mãos. A espiritualidade inaciana, e em especial a história de Santo Inácio ao retornar à “vida normal” após ficar um longo tempo em casa por questões de saúde, nos inspira a propor esse projeto de apoio à retomada das atividades presenciais de nossa comunidade educativa.

Premissas das ações de desenvolvimento do Protocolo Humano Interno para o retorno às atividades presenciais:

  • Privilegiar a escuta. Preparar os colaboradores em pequenos grupos para momentos de escuta, acolher as aflições e criar, por meio dos protocolos humanos, uma atmosfera de esperança. Receber os colaboradores, que depois poderão replicar a estratégia com os estudantes.  Todas as turmas e os departamentos podem, diariamente, ter um momento de fala/escuta.
  • Oferecer às famílias do colégio a possibilidade de uma escuta empática, sigilosa, capaz de acolher sentimentos diversos, sensações e percepções acerca do momento que estamos atravessando, buscando propiciar espaços de reflexão, ressignificação e alívio emocional, sem ter para tal um caráter clínico, porém terapêutico e espiritual-religioso, por meio da escrita e da fala.
  • Criar um ambiente humano e fraterno, mesmo com distanciamento.
  • Manter e aprimorar no Colégio São Luís os nossos identificadores como uma escola pertencente à Companhia de Jesus.

Algumas iniciativas

  • Grupo de Acolhida Pe. Arrupe – formado para facilitar, junto aos colaboradores e ao corpo docente, a elaboração e o aprimoramento dos “protocolos humanos”.
  • Canal no Youtube e Podcast do Pe. Carlos Contieri, SJ – reflexões do reitor do Colégio São Luís sobre o momento presente e a importância da espiritualidade.
  • Passos para Oração Familiar – conteúdo preparado pelo SEFE (Serviço de Fé e Espiritualidade) para momentos de oração, no modelo inaciano, que podem ser vivenciados na hora e em local escolhidos por cada família. Momentos de oração para alimentar a espiritualidade e contribuir para o equilíbrio emocional de colaboradores, alunos e famílias. 
  • Pílulas Socioemocionais – vídeos curtos preparados pelo SEFE (Serviço de Fé e Espiritualidade) aos estudantes, que ajudam a refletir – e agir – para continuar crescendo como pessoa nestes tempos de distanciamento social.
  • Organização e Aprofundamento de Estudos – Semanalmente apoiando às demandas acadêmicas e socioemocionais das turmas do Ensino Fundamental II.
  • Programa de Mentoria do Ensino Médio – Semanalmente apoiando às demandas acadêmicas e socioemocionais das turmas do Ensino Médio.
  • Registros Acadêmicos – relatos dos educadores e das famílias do CSL, escritos a partir da vivência com os estudantes nesse momento de pandemia.
  • Educação Continuada para colaboradores e famílias (webinars) – para compartilhar conhecimento e práticas entre famílias e educadores.
  • Programa de Acolhida para Grupo de Cuidado Especial – desenvolvido junto às lideranças para acolher e manter os vínculos entre os colaboradores que não estão momentaneamente aptos ao teletrabalho ou trabalho presencial por fazerem parte do grupo de risco.

Nova rotina escolar
Programação de retomada gradual

Veja os cuidados necessários e prepare-se para a nova rotina


Quando e como voltaremos?

Iniciaremos o sistema híbrido assim que o governo de São Paulo autorizar o retorno das aulas presenciais. Professores trabalharão na escola, de forma presencial, com o grupo de alunos escalados. Os estudantes que estiverem em casa participarão de forma remota, como tem sido desde o início da pandemia.

Conforme anunciado pela Secretaria de Educação de SP, os pais terão a alternativa de não enviar seus filhos à escola. Nesses casos, a criança participará das atividades síncronas (on-line) e receberá as atividades trabalhadas em outros momentos para serem realizadas em casa, de forma assíncrona, com as devidas orientações às famílias. Caberá aos pais e responsáveis avaliar sua situação familiar e decidir pelo retorno presencial de seu/s filho/s, assumindo o compromisso de cumprir a parte do protocolo que cabe às famílias.


Ajustes no currículo e no processo de ensino e aprendizagem

Durante o período de trabalho remoto, realizamos várias atividades diagnósticas. A partir dos resultados, já ajustamos nosso planejamento. No momento de retomada, no modelo híbrido, realizaremos outras atividades diagnósticas e daremos continuidade ao processo de aprendizagem do ponto em que as crianças estão.

Com pequenos grupos presenciais faremos o acompanhamento dos alunos de forma individual. O compromisso do CSL é reorganizar o planejamento do próximo ano, de tal forma que haja um tempo “propedêutico” em todos os cursos e terminemos o ano letivo de 2021 já com os programas equilibrados.

Checagem domiciliar
Pais, responsáveis e estudantes, atenção aos sinais!

Sintomas

  • Febre (temperatura > 37,5°)
  • Tosse
  • Falta de ar (como frequência respiratória aumentada, dificuldade de falar, sinais de que a criança está fazendo força para respirar)
  • Coriza
  • Secreção ocular
  • Dor de garganta
  • Dor de cabeça
  • Perda do paladar
  • Perda de olfato
  • Diarreia
  • Dor abdominal e vômitos
  • Dor muscular

 

Ações

  • Medir a temperatura corporal antes da ida à escola e observar os sinais descritos acima
  • Caso o estudante apresente algum dos sintomas, comunique a escola imediatamente e informe o motivo da ausência.
  • Alunos coabitantes de casos suspeitos ou confirmados também não devem ir à escola.

 

Um dia antes de o estudante vir ao colégio para as atividades presenciais, o responsável deve responder ao questionário obrigatório de monitoramento de saúde, que está disponível no App do CSL. Acesse aqui!

Utilize o mesmo formulário para notificar o CSL sobre caso confirmado. Acesse aqui!

Protocolos
Nossos espaços

Entradas e Áreas de Circulação

  • Comunicação visual com instalação de faixa de sinalização no chão e em totens para manter a distância de pelo menos 1,5 metro entre as pessoas em todos os ambientes de circulação locais da escola.
  • Cadeiras e sofás nas áreas de circulação, pátios serão posicionados para preservar a distância de 1,5 metro entre as pessoas. Itens que podem ser compartilhados serão desativados.

Elevadores, Rampas e Escadas

  • Os elevadores serão de uso exclusivo de pessoas com necessidades especiais. Toda movimentação na escola pode ser feita por rampas ou escadas.
  • Em caso de necessidade de uso do elevador será possível, no máximo, duas pessoas por vez.
  • Corrimão das escadas é uma superfície de alto contato e será higienizado com frequência com dispensers de álcool gel instalados nas pontas.

Banheiros e Bebedouros

  • Deve-se respeitar o distanciamento de 1 metro e quando necessário intercalar o uso das pias.
  • Manter as portas de entrada sempre abertas evitando o contato com a maçaneta.
  • Limitar o número de pessoas presentes nos banheiros para respeitar o distanciamento físico.
  • Dispenser de sabão e papel toalha ativados por aproximação e prioridade para uso dos mictórios com sensor.
  • Acionamento automático nos bebedouros e uso somente de garrafa.

Salas de Aula

  • Mesas e cadeiras com afastamento de 1,5 metro. As carteiras duplas serão consideradas únicas.
  • Manutenção de janelas e portas sempre abertas. Salas que não possuem janelas serão desativadas.
  • Kit higiene de fácil acesso em todas as salas com Dispensador de solução alcoólica a 70% e papel toalha e no caso da Educação Infantil, lenços umedecidos com solução alcoólica.
  • Grupo de alunos nas aulas presenciais deve ser o mesmo.

Espaços de Trabalho

  • Nova classificação da quantidade máxima possível em cada sala de co-working respeitando o espaçamento de 1,5 metro.
  • Instalação de divisórias para aumentar a barreira de proteção.
  • Portas e janelas devem permanecer abertas, favorecendo a circulação de ar.
  • Limpeza e desinfecção com maior frequência em todos os ambientes. Ao usar um espaço coletivo, deve-se realizar a limpeza de mobiliários ao chegar e antes de sair.
  • Uso dos armários individuais com mínimo de materiais, a fim de facilitar seu uso e limpeza.
  • Kit higiene com solução alcoólica a 70% e lenço de papel sobre a mesa.

Espaços de Estudos, Biblioteca, Laboratórios e Lockers

  • Os ambientes estarão abertos desde que respeitado o distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas. O uso de máscaras deve ser mantido.
  • Estante dedicada para recebimento de materiais devolvidos (livros, revistas, jornais, materiais não passíveis de limpeza), que ficarão na “caixinha da quarentena” por 5 dias.
  • Após o recebimento do material, guardar na estante destinada para esse fim e higienizar as mãos com água e sabão ou solução alcoólica a 70%.
  • Não compartilhar objetos. Equipamentos (por ex.: microscópios) – se utilizados, realizar desinfecção com álcool 70%, após o uso de cada aluno.
  • Uso dos armários individuais (lockers) com mínimo de materiais, a fim de facilitar seu uso e limpeza.

Refeitório

  • Reforço do uso de EPIs pela equipe de alimentação.
  • Serviço americano para a distribuição dos alimentos.
  • Piso, mesas e cadeiras demarcados para afastamento de 1,5 metro. Mesas com proteção de acrílico.
  • Intensificação da higienização de mesas e bancadas a cada uso. Disponibilidade de álcool 70% em todo o espaço.
  • Escalonamento de grupos para redução do número de pessoas no local.
  • Portas sempre abertas, favorecendo a circulação de ar.

Enfermaria

  • Reforço do uso de EPIs descartáveis pela equipe de atendimento.
  • Reorganização do espaço para o distanciamento de 1,5 metro.
  • Descarte ou higienização de utensílios a cada atendimento.
  • Disponibilidade de álcool 70% no local.

Higienização dos espaços

  • Mapeamento e definição do melhor tratamento para cada ambiente.
  • Inclusão da desinfecção dos ambientes, além da higienização e manutenção já realizadas.
  • Dashboard com especificação da higienização da escola para gestão e controle a qualquer momento.
  • Aumento do número de agentes de higiene.

Protocolos
Nossas equipes

colegio_sao_luis_retomada_atividades_presenciais_protocolos

Colaboradores do CSL

Principais ações:

  • Pesquisa diária antes de ir à escola. No caso de apresentação de sintomas em casa, o colaborador não deve se dirigir ao colégio e será monitorado pela equipe de enfermagem responsável.
  • Monitoramento de Saúde de 100% dos colaboradores com diagnóstico médico e classificação do grupo de risco.
  • Planejamento da força de trabalho para a retomada com substituições.
  • Teleatendimento médico (Nexus e Bradesco Saúde).
  • Garantia de ficar em casa por 14 dias aos colaboradores que tiveram contato domiciliar com um caso confirmado de COVID-19.
  • Barreira na escola: medição de temperatura, entrega de todos os EPIs necessários e ações de educação continuada.
  • Equipe orientada e capacitada para cumprir o Protocolo de Retomada das Atividades Presenciais dos Colaboradores e os demais protocolos estabelecidos para o funcionamento da escola.
  • Projeto de retorno apoiado e orientado por Protocolo de Retorno às Atividades Presenciais da Rede Jesuíta de Educação (RJE).

Conheça mais sobre a preparação da GRP, parceira no serviço de higienização da escola.

Principais ações:

De Para
Auxiliar de Limpeza Agente de Higiene
Sem máscara Com máscara
Sem face shild Com face shild
Produtos Desinfetantes Peroxy (regulado ANVISA) Princípio ativo: Peróxido de Hidrogênio
Vassouras Vassouras mágicas
Higienização Desinfecção
Rotinas Protocolos
Periodicidade necessária Periodicidade constante e minuciosa
Treinamentos padrão Treinamento específico
Aspirador Robô aspirador com filtro anti micro organismos 

Conheça mais sobre a preparação da Nexus Medicina Ocupacional e Gestão em Saúde, parceira no serviço de enfermaria da escola.

Principais ações:

  • Equipe de Enfermagem monitorará a barreira porta da escola / sala de aula/ ambiente de trabalho para acompanhar casos suspeitos com avaliação da condição clínica da criança ou funcionário através de medidas da Frequência respiratória, Frequência cardíaca, Pressão arterial e Saturação de oxigênio, classificando o caso como leve, moderado ou grave.
  • Casos leves aguardarão a chegada dos pais e terão registro em prontuário.
  • Casos moderados ou graves serão encaminhados ao convênio médico cadastrado pela família e terão acompanhamento da equipe de Enfermagem da escola que fará a triagem de outras pessoas da sala de aula/ambiente de trabalho.
  • Enfermaria atual da escola cuidará dos casos de rotina. Casos suspeitos serão levados para o ambiente de Enfermaria 2 e 3 (salas de reunião na entrada da escola dedicadas para esse fim).
  • Surtos: Identificado o 1.º caso, observaremos a ocorrência de sinais e sintomas dos outros alunos e colaboradores da mesma classe/ ambiente de trabalho por 14 dias. Ao identificar mais de um caso na mesma sala/ ambiente de trabalho ou qualquer outro suspeito de surto, será aplicada a suspensão por 14 dias das aulas presenciais desta classe/do grupo de trabalho.
colegio_sao_luis_retomada_atividades_presenciais_alimentacao

Equipe de Alimentação

Conheça mais sobre a preparação do Grupo Capim Santo Escola, parceiro no serviço de alimentação da escola.

Principais ações:

  • Destaques da rotina de alimentação com equipe do Capim Santo capacitada.
  • O serviço de cantina estará suspenso na primeira etapa da retomada. O lanche pode ser feito na sala de aula ou em ambientes demarcados sob a supervisão de um adulto, de acordo com as regras de higiene.
  • O ambiente do restaurante com espaçamento de pelo menos 1,5 metro. 
  • Sinalização, nas mesas, dos lugares que não poderão ser utilizados. 
  • Os estudantes e os colaboradores do CSL terão as suas refeições servidas por profissionais treinados.
  • Tempo de refeição será otimizado.
  • Educação Infantil terá o serviço do almoço em sala de aula.

Enfermaria:
(11) 99958-6716

Orientadores Educacionais e/ou Professores:
canais de atendimento disponíveis a todos no APP do CSL (acesse aqui)