Notícias

CSL promove ações em homenagem à Semana da Consciência Negra


Iniciativas destacam a cultura afro-brasileira e fortalecem o compromisso antirracista entre estudantes de todos os segmentos.

Por Vanessa Aparecida Araújo Correia – Coordenadora da área de Projeto de Vida  

A Semana da Consciência Negra no Colégio São Luís foi repleta de atividades culturais, iniciando com o II Festival do Coletivo Griô, que destacou as produções artísticas e literárias dos estudantes do Ensino Médio Noturno e um espetáculo protagonizado pelos membros do Coletivo. A temática também esteve presente no Som do Meio-Dia e em um almoço especial. 

Com o tema ‘Bluesman‘, a peça, integralmente produzida pelos/as estudantes, retrata os flagelos e consequências hodiernas da escravidão, bem como a resistência da população negra, por meio da música. O espetáculo enfatizou a representatividade positiva da produção cultural afrodescendente e a persistência da luta por reconhecimento. De acordo com Marcos Felipe Santana Brito, um dos líderes do Coletivo e coautor do roteiro da peça junto com a aluna Emilly Victória Viana Almeida, ‘Bluesman é aquele que foge dos padrões impostos, invertendo os estereótipos que tentaram lhe atribuir.’ 

Prosseguindo com as comemorações, também em homenagem à Consciência Negra, foi realizado um almoço temático especial, que ressaltou a influência da culinária africana na alimentação brasileira e ofereceu pratos típicos do continente, como o tradicional arroz Jollof da África Ocidental. 

Além disso, enriquecendo a jornada cultural, uma edição especial do Som do meio-dia homenageou a música afro-brasileira e sua influência em toda produção cultural brasileira, que culminou com a apresentação de sambas autorais produzidos pelos/as estudantes do 8º ano do FII, sob supervisão do professor de música Fábio Vieira Lucente.  

Coletivo Griô

O Coletivo Griô é formado por um grupo engajado de adolescentes do Ensino Médio do Colégio São Luís, abrangendo alunos dos períodos integral e noturno, que se encontra regularmente para trocar experiências e discutir questões étnico-raciais, valorização da cultura afro-brasileira e práticas antirracistas. Criado no Ensino Médio Noturno em 2017, o Coletivo foi responsável pela formação de diversas turmas e inspira toda a comunidade educativa a aprofundar seu compromisso antirracista.  

“Os estudantes do Coletivo, em sua maioria autodeclarados negros e negras, se reconhecem como uma geração de jovens orgulhosos de seu pertencimento étnico-racial (…)”

Os estudantes do Coletivo, em sua maioria autodeclarados negros e negras, se reconhecem como uma geração de jovens orgulhosos de seu pertencimento étnico-racial e empenhados em contribuir para superar as desigualdades e violências raciais que atingem tanto as populações negras quanto indígenas.

Além das rodas de conversa, sempre dinâmicas e participativas, o Coletivo promove atividades abertas à comunidade educativa. No primeiro semestre de 2023, em parceria com a professora de Ensino Religioso, os membros do Coletivo protagonizaram um espetáculo para crianças do 2º ano do Ensino Fundamental I, figurando as divindades de religiões de matriz africana, os orixás. Além disso, realizaram oficinas com estudantes do 8º ano do EF II e sessões de contação de histórias com crianças do 1º ano.  

CSL Antirracista

O Colégio São Luís explicitou seu compromisso antirracista em 2021 e, desde então, reforçou ações pedagógicas que reconhecem as múltiplas contribuições na construção da história e do desenvolvimento da humanidade. Além disso, atua afirmativamente para prevenir, superar e reparar as desigualdades étnico-raciais em todos os campos. 
 
O Coletivo Griô se reúne quinzenalmente, às quartas-feiras, das 16h às 17h. Os encontros são abertos. 

Clique e saiba mais.

Tags