Notícias

Novos avanços no processo de autoavaliação e melhoria promovido pelo SQGE

Com a aprovação da redação dos projetos de melhoria, o CSL dará início à sua implementação.

Há 4 meses, em agosto de 2023, o CSL realizava a 2ª Jornada Comunitária do SQGE. Na ocasião, foram apresentados os resultados da Autoavaliação e, a partir deles, foram sugeridos dois projetos de melhoria (longo prazo) e uma ação de melhoria (curto prazo). Terminamos a jornada, portanto, com o desafio de desenvolver e estruturar essas sugestões.

No tempo que sucedeu a jornada, auxiliados pelo coordenador interno do SQGE, João Rodrigo Lima Agildo, os grupos escolhidos para escrever as propostas elaboraram os documentos e definiram os objetivos específicos, as atividades (ações) relacionadas, os/as responsáveis por executá-las, os recursos que seriam utilizados, os prazos de execução e as formas de monitoramento da implementação dessas melhorias em vista da aprendizagem integral de nossos/as alunos/as.

Esse processo de construção dos projetos foi acompanhado pelo facilitador externo, Juliano Tadeu (RJE), e pelo assessor internacional do SQGE, Gustavo Cuadra (FLACSI/Chile), que foram avaliando as versões parciais dos documentos e fazendo sugestões, até que, em novembro, os três grupos chegaram às versões finais.

No começo de dezembro, os resultados desses meses de trabalho foram submetidos à avaliação do Conselho Diretor, que, além de aprovar a versão final da escrita, fez a escolha das equipes que serão responsáveis por implementá-los, as Equipes de Melhoria.

Com os projetos aprovados e as equipes formadas, o CSL pode começar agora a executar os processos de melhoria, tarefa que terá início já em janeiro de 2024, logo após o recesso escolar. A promoção das melhorias terá duração de 24 meses (2024-2025) e, após o seu término, terá início a 3ª etapa do SQGE, constituída pela 2ª Autoavaliação.


O que dizem os projetos 

A diretora acadêmica, Beatriz Helena de Arruda Pereira Gallian, é a coordenadora responsável pelo projeto de melhoria intitulado “Atualização colaborativa do Projeto Político-Pedagógico (PPP)”. Apesar dos bons resultados da Autoavaliação no âmbito Pedagógico-Curricular, esse projeto busca aprimorar a área a partir da revisão e da atualização dos seus documentos norteadores de modo que, neles, estejam previstas todas as experiências formativas necessárias à formação integral dos/as estudantes, contemplando, portanto, as três dimensões da aprendizagem integral da Pedagogia Inaciana: espiritual-religiosa, socioemocional e acadêmica.

Para isso, ao longo de dois anos, todos os documentos que compõem o PPP serão revisados, e as matrizes curriculares da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e do Ensino Médio serão atualizadas.

A coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental I, Janaina Gallo Costa, coordena o projeto denominado “Fortalecimento do papel educativo da família”. Para atuar sobre as questões – apontadas na Autoavaliação – referentes a esse âmbito (Família e Comunidade), o projeto definiu como objetivos: conhecer melhor as famílias do CSL; oferecer formação continuada às famílias sobre as dimensões da aprendizagem integral; e aperfeiçoar as reuniões de acompanhamento individual que o CSL realiza junto às famílias, principalmente através da Orientação Educacional.

Isso significa que, depois da consulta às famílias, por exemplo, através de pesquisas, o CSL apresentará à Comunidade Educativa os resultados e fará uma oferta de encontros formativos por meio dos quais pais, mães e responsáveis poderão estreitar seus laços e sua parceria com o CSL a fim de melhor ajudar na educação integral de nossos/as alunos/as.

O gerente do departamento de Tecnologia da Informação (TI), Wilson Martins Junior, é o coordenador da Ação de Melhoria “Satisfação, motivação e participação da Comunidade Educativa”. Essa proposta também é resultado do diagnóstico fornecido pela Autoavaliação sobre o âmbito “Clima Escolar”. Visando a uma melhoria mais imediata, essa ação terá um prazo menor que o dos projetos e estará centrada, basicamente, em coletar informações da Comunidade Educativa sobre os tópicos que dão nome à ação (satisfação, motivação e participação).

Desse modo, ao longo do próximo ano, a partir de protocolos pré-estabelecidos, serão aplicadas cinco pesquisas. Os dados obtidos serão analisados, compartilhados com a Comunidade Educativa e transformados em novas ações de melhoria.

Saiba mais sobre o SQGE>>>

Tags