Segundo semestre é iniciado no Colégio São Luís com atividades que resgatam ensinamentos de Santo Inácio de Loyola, fundador da Companhia de Jesus

“Em tudo amar e servir”, um dos ensinamentos de Santo Inácio de Loyola, fundador da Companhia de Jesus, foi o tema principal da Semana Inaciana deste ano, que aconteceu entre os dias 1º e 3 de agosto no Colégio São Luís, marcando o início do segundo semestre.

A partir da festa de Santo Inácio, celebrada no dia 31 de julho, o Colégio prepara anualmente atividades com seus estudantes, pais e colaboradores, promovendo uma imersão na história, na mística e nos valores ensinados por esse jovem, que experimentou um processo de conversão profundo e deixou um legado que guia as escolas e obras jesuítas na busca do bem maior e mais universal.

Padre Carlos Contieri, reitor do Colégio São Luís, em sua mensagem de boas-vindas ao semestre e de abertura da Semana, destacou que a programação é uma oportunidade de voltar à fonte do Colégio São Luís, que é a experiência de Santo Inácio de Loyola. “Que, no dia a dia do Colégio, façamos florescer a cultura do encontro, do cuidado, do respeito e do amor aos nossos semelhantes”, disse o reitor.

“A vida e o exemplo de Santo Inácio de Loyola são de suma importância para o cotidiano escolar de nossas crianças. Ele sempre será a referência e um convite a um estilo de vida que não se contenha com a acomodação, mas que deseja cada vez mais o melhor e conduz a vida pelos caminhos da construção de um mundo mais humano, justo e pleno da alegria que brota do serviço gratuito a Deus e à pessoa do outro”, afirmou Gilberto Chimenti, da Dimensão Espiritual-Religiosa do CSL.

Durante o momento habitual de oração no início das aulas, os estudantes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I conversaram e refletiram a partir dos traços fundamentais da pessoa, vida e espiritualidade de Santo Inácio. Relembrando momentos de sua história, a atividade buscou motivar os estudantes a viver o melhor de si mesmos, sempre pensando no bem comum. Com exemplos direcionados a cada faixa etária, pensaram em ações do dia a dia na escola, com a família e os amigos. “Ser” é mais importante do que “ter”, pensar antes de agir, ter atenção ao que o outro está precisando, fazer o melhor pelas pessoas, com alegria e amor sincero, são alguns dos aprendizados.

Na manhã do segundo dia, o grupo de estudantes do Ensino Médio que participou da Missão Urbana nas férias de julho compartilhou com os colegas do segmento como foi a experiência. Durante uma semana, eles serviram às crianças e aos homens em situação de rua, acolhidos pelas instituições Fé e Alegria e Arsenal da Esperança, respectivamente.

Em seus relatos, demonstraram o quanto foram impactados, partilhando um pouco do que sentiram, refletiram e aprenderam. Destacaram experiências como deixar de lado as suas próprias preocupações e se colocar no lugar do outro, que as atitudes mostram o bem que queremos ao próximo, fazer o bem e com o seu melhor, trabalhar em equipe, ter consciência das desigualdades que nos cercam. “Queremos que jamais esqueçam o que significa amar e servir. Que, no futuro, vocês sejam médicos que amam e servem, professores que amam e servem, onde quer que estejam”, concluiu Cleber Silveira, coordenador da Dimensão Espiritual-Religiosa, no momento final de partilha sobre como foi contar as experiências para os demais estudantes.

No dia 3 de agosto, encerrando a Semana, uma Missa reuniu toda a comunidade educativa para homenagear Santo Inácio. Padre Contieri destacou a capacidade de Inácio de mudar, demonstrada em sua recuperação após ter sido atingido na perna por uma bala de canhão durante uma guerra, como também sua dedicação para estudar e estar preparado para dar o seu melhor às pessoas.