FAQ

QUAL A CARGA HORÁRIA PARA 2020, JÁ QUE A ESCOLA PASSA A SER EM PERÍODO INTEGRAL

Os horários de início e término de aulas previstos*, conforme cada faixa etária, são os seguintes:

Pré-Escola I e II (4 e 5 anos): 8h às 16h
1º ao 4º ano Ensino Fundamental I: 8h às 16h
5º, 6º e 7º anos Ensino Fundamental II: 7h50 às 15h50
8º e 9º anos Ensino Fundamental II: 7h40 às 15h40
Ensino Médio Diurno: 7h30 às 16h15**
*Pode ser que haja pequenas alterações nos horários de início e término.
**No caso do Ensino Médio, a diferença no tempo de permanência refere-se, basicamente, ao aumento de tempo das aulas.

Ensino Médio Noturno*: 18h20 às 22h40
*Sujeito a alterações conforme a regularização da nova Lei do Ensino Médio

Qual é a razão da mudança de endereço?

A renovação da proposta pedagógica que vem sendo desenvolvida desde 2016 demanda um espaço mais adequado. Embora algumas reformas e adaptações tenham sido feitas nos últimos dois anos, um ajuste mais arrojado da sede atual exigiria o esvaziamento do atual prédio por um período de 18 meses, no mínimo. Ainda assim, não conseguiríamos as condições ideais para a realização plena do Projeto CSL 2020.

Como foi feito o processo de tomada da decisão de mudar?

Desde o início do projeto, as decisões têm sido tomadas pelas instâncias próprias do governo dos jesuítas. Em primeira instância, cada decisão é aprovada pela diretoria da Associação Nóbrega de Educação e Assistência Social (ANEAS), instituição mantenedora do Colégio São Luís. Em seguida, submetida ao Superior Provincial dos jesuítas no Brasil, que encaminha a Roma para validação final do Superior Geral dos jesuítas no mundo. No caso deste projeto, respeitando as normas administrativas da Companhia de Jesus e da Igreja, também foi necessária a aprovação do Vaticano.

Quais foram os critérios da escolha do local?

Antes de iniciar a busca por um local para a nova sede, encomendamos um estudo de vocação de área a uma empresa especializada e constatamos que 74% dos atuais alunos do diurno estão localizados dentro de um raio de até 5 km de distância da Haddock Lobo. Considerando o estudo mencionado, no novo endereço esse percentual permanece com mais de 50% dos atuais estudantes no mesmo raio que estão da sede atual. Isso foi decisivo na tomada de decisão sobre o local da nova sede: av. Dr. Dante Pazzanese, 295, a poucos metros do Parque Ibirapuera (5 km da sede atual). Estar junto ao Parque Ibirapuera e a edifícios de relevância cultural e histórica, como o MAC-USP e os presentes dentro do parque, justificava alguma alteração na atual rotina das famílias, dos alunos e colaboradores. Essa é uma área tombada pelo Patrimônio Histórico, o que nos preservará de construções futuras que limitem o potencial que o terreno tem hoje (ver Projeto Arquitetônico). Estaremos em um bairro de grande área verde mais adequado para o funcionamento da escola, com espaços internos que responderão de forma mais adequada às necessidades pedagógicas.

Outras localizações foram cogitadas?

Sim, mais de 30 locais foram avaliados. Definimos o que melhor atendesse à proposta pedagógica e garantisse a possibilidade de os atuais alunos continuarem na escola. Houve oportunidade de compra de terrenos bem mais afastados, por um custo menor, mas a decisão da Companhia de Jesus em relação a esse ponto foi coerente com o discernimento feito sobre a necessidade de mudança de sede: não se trata de um novo colégio, com novos alunos e famílias. Trata-se do mesmo Colégio São Luís e da mesma comunidade. Por essa razão, a instalação do CSL em um local muito distante não seria o caminho.

Quais critérios norteiam o projeto arquitetônico da nova sede?

O projeto arquitetônico foi concebido para atender à proposta pedagógica centrada na implementação das diretrizes do Projeto Educativo Comum da Rede Jesuíta de Educação. As premissas consideradas na concepção do prédio foram: diversidade e flexibilidade dos espaços de aprendizagem, incentivo à aprendizagem individual e em grupos, horizontalidade, integração visual dos ambientes, transparência, valorização do verde e do natural, sustentabilidade, conforto acústico e térmico.

Como serão as salas de aula? As turmas permanecem?

Teremos as salas de referência de cada turma como temos na sede atual. Além disso, a nova sede foi pensada com um conjunto de espaços diferenciados para a realização de atividades pedagógicas fora da sala de referência, totalizando 90 espaços educativos. As salas de aula serão mais amplas e com uma configuração diferenciada, aumentando assim a área por aluno. A nova sede terá 27.834 metros quadrados de área construída. Atualmente, a área utilizada pelo Colégio São Luís para a realização do Projeto Pedagógico é de 27.574. Na Educação Infantil as salas terão 50 m2, ampliadas por pátios internos e externos integrados de uso exclusivo desse segmento (as atuais salas de aula têm 45 m2). No Ensino Fundamental I migraremos de 54 metros quadrados para 80 m2, com salas multifuncionais integradas à sala do (a) professor (a) regente. No Ensino Fundamental II e no Ensino Médio as salas de aula terão paredes flexíveis, móveis modulares e modernos equipamentos de tecnologia educacional em uma área de 80 m2 (a área média das salas desses dois segmentos atualmente é de 56 m2).

Que outros espaços escolares serão reconfigurados?

A biblioteca terá seu conceito e uso ampliados. Será mantido o espaço de pesquisa e estudo individual e coletivo, mas também haverá um local para leitura recreativa, sessões culturais e aulas. Intencionalmente localizada no eixo do prédio, a biblioteca será um convite para os estudantes fazerem da vida escolar uma verdadeira jornada e busca de conhecimento. O auditório terá capacidade para 490 pessoas e será modernamente equipado. O desenho desse espaço prevê dupla funcionalidade: a utilização como auditório para apresentações internas e um palco que se abre para o pátio interno da escola, que permitirá apresentações para um grupo maior de pessoas. As atividades religiosas serão realizadas em uma capela. Ela terá capacidade para 250 pessoas, iluminação natural e interação com o bosque do entorno. O projeto foi desenhado para que a capela seja uma referência para estudantes, colaboradores e famílias.

Quantos alunos a nova sede receberá?

A nova sede receberá o número de alunos que temos hoje, reduzido apenas pelo encerramento da oferta do Infantil 2 (a partir de 2019) e do Infantil 3 (a partir de 2020). Dessa forma, garantimos a continuidade das crianças que estão na escola em 2018, assim como das eventuais novas matrículas para o Infantil 3 em 2019. Apenas não receberemos alunos novos do Infantil 2 em 2019, e do Infantil 3, em 2020.

Como será o processo de admissão em 2020?

Para os atuais alunos as vagas estarão garantidas. O ingresso de novos alunos, porém, estará condicionado à disponibilidade de vagas e seguirá os critérios adotados nos últimos anos: adesão da família à filosofia e à proposta pedagógica do Colégio e diagnóstico das competências necessárias para acompanhar o processo de ensino e aprendizagem.

Qual será o custo das anuidades de 2020?

A política de preços será coerente com os princípios da Companhia de Jesus. Para saber sobre os valores, por favor, preencha o formulário: http://www.saoluis.org/csl2020/novas-aprendentes/

Como será a Abordagem Internacional?

As escolas jesuítas formam uma rede global com grande potencial de intercâmbio de conhecimentos e experiências que dispõe de recursos para aproximar culturas e pessoas. Vale a pena ver a plataforma que já estamos utilizando para alavancar o potencial que temos: www.educatemagis.org. O CSL oferecerá o Diploma Programme (DP), parte do sistema Bacharelado Internacional (IB), direcionado a alunos do Ensino Médio. A meta é começar a primeira turma em agosto de 2020. Será opcional e estimamos um acréscimo de aproximadamente 10% na carga horária dos alunos que fizerem essa opção. O custo do programa de certificação será adicionado ao valor da mensalidade do curso regular.

O que é o IB?

O Bacharelado Internacional (IB) é um certificado de ensino global e multilíngue concedido pela instituição de mesmo nome, prestigiada organização não governamental, com sede na Suíça. O programa está voltado ao desenvolvimento de projetos educacionais em todo o mundo. É uma parceria fecunda para o Colégio São Luís não apenas pela possibilidade da oferta de certificação, mas também pela sintonia entre a filosofia do CSL e do Programa do Bacharelado Internacional. Será um caminho natural para aqueles que querem se preparar para estudar em universidades internacionais, porém agregará valor aos estudantes que desejarem fazer o ensino superior no Brasil. http://www.ibo.org/about-the-ib/. Para saber mais sobre IB, clique aqui
Assista aos vídeos que apresnetam o IB https://www.saoluis.org/csl2020/csl-explica/

Como será a política de bolsas na nova sede? E o Ensino Médio Noturno?

Os critérios para concessão de bolsa serão os mesmos utilizados na sede atual: 100% de gratuidade para os alunos do Ensino Médio noturno, descontos para famílias com mais de um filho na escola, seguindo os mesmos critérios que temos hoje. Casos excepcionais serão analisados pelo Serviço de Assistência Social do Colégio São Luís e da Mantenedora. Filhos de professores e funcionários do Colégio terão direito a bolsa, nas mesmas bases da concessão feita atualmente (acordo sindical). O ensino médio Noturno será mantido na nova sede, nos moldes atuais.

Como serão os fluxos de entrada e saída dos estudantes? Haverá estacionamento no local?

Como diferencial, na nova sede há duas entradas separadas, uma para Ensino Infantil e outra para Ensino Fundamental e Médio, ambas em recuos dentro da escola para que os pais possam levar e buscar seus filhos com tranquilidade. Haverá estacionamento coberto para todos os colaboradores e eventuais visitantes. Além disso, teremos vagas na área externa para pais que venham para atendimentos pontuais.

Haverá Transporte escolar?

O serviço de transporte, atualmente, é fornecido por terceiros, mas o colégio facilitará o diálogo com os atuais e potenciais prestadores de serviço. Há alternativas de transporte público próximas ao local da nova sede.

Como serão realizadas as refeições na nova sede?

O prédio está pensado para que todos os estudantes e colaboradores almocem na escola. Para os estudantes, a refeição será parte do processo educativo, já que o currículo é de tempo integral. Além do restaurante que terá capacidade para 600 pessoas, com área diferenciada para crianças até oito anos, teremos cantinas, possibilidades de alimentação natural e espaços de convivência e descanso para os intervalos de recreio.

Qual é o impacto ambiental da nova sede?

Desde o início, a criação de uma sede sustentável é uma das diretrizes de projeto do novo prédio que estará de acordo com padrões internacionais de sustentabilidade de acordo com os critérios de racionalização de recursos: energia, água, materiais e meios, qualidade do ar etc. Em coerência com a premissa da sustentabilidade, haverá espaço reservado para estacionamento de bicicletas.

DÚVIDAS SOBRE A PROPOSTA PEDAGÓGICA

Assista a uma série de vídeos de curta duração esclarecendo mais pontualmente aspectos do trabalho pedagógico, fundamentais para conhecimento e análise de cada família. Clique aqui

Envie-nos uma mensagem
X
Preencha o formulário abaixo para receber mais informações